Wednesday, October 04, 2006

acuntição, isso mesmo, acuntição.

"Que nada, menina! Eu gosto é de viver "as acuntição" mesmo. É muito mais fácil assim, olha pra tu ver: toda vez que eu tô indo prum lado da cidade, eu recebo um telefonema que me leva pra outro. Eu tenho muitos clientes na madrugada, sabe? A Dona Carmem, por exemplo, me lilga toda hora pra levar os travestis que ela comanda pra casa depois do serviço. Aí eu levo, porque é gente também e paga sempre em dia. Mas o mais legal é que, vez ou outra, eu acabo virando a esquerda e beirando manhã nos bares com eles. É a acuntição, tá vendo? Essa gente não sabe viver não, ninguém ainda descobriu que a vida é feita de acuntição. As coisas querem acontecer e tu tem que deixar, ora bolas! Eu que não sou bobo já descobri, quem não tem acuntição, vive bem não, viu menina?"



conversa fiada com seu Zé da "acuntição",
taxista paranaense que me levou pra casa dia desses.

1 Comments:

Blogger Diante de mim, eu mesma! said...

Viva a acuntiçao!!!!!!!!!!!!! Da proxima vez que seu Zé passar perto de ti diz pra ele que eu tambèm sou dessa lei! A acuntiçao vai salvar o mundo! Heparrei !

7:29 am  

Post a Comment

<< Home