Saturday, August 05, 2006

.............................................

É uma das coisas que eu mais gosto de fazer. É desenhar a vida na frente do espelho.
Fica tudo mais gostoso, claro, do jeito que você quer. Tudo perfeito, sem nenhuma dobrinha amarrotada.
Mas, no fundo, esses desenhos quase que alucinações sãs, ficam em forma de portas a serem abertas.
Devaneios podem ser levados a sério, não em amplitude, mas em doses homeopáticas.
Eu levo. Eu caso, mudo de país, ganho na loteria, tenho uma filha chamada Joana e um moleque Luan, passo férias na ilhas do Mediterrâneo, aprendo a fotografar o mundo dos outros, envelheço na praia e viro algodão doce quando a vida me faltar.
Talvez eu possa 10% de tudo isso, que não é nem a primeira página do meu caderno de desenhos. E vale muito esse pouco, porque eu teimo em acreditar que devaneios são momentos de sanidade plena vestidos de carnaval.
Então, que venham os bailes, as máscaras, o pierrô, a serpentina, a marchinha e o meu bloco inteiro.
Porque eu vou passar, sem dor, carregando meu caderninho cheio de desenhos feitos pra uma vida que quer ser mais que um desenho na frente do espelho.

3 Comments:

Anonymous Tuca said...

Você pode tudo!!!

3:50 pm  
Blogger Diante de mim, eu mesma! said...

Você é um dos meus devaneios preferidos! Amo!!!!

7:23 am  
Blogger Diante de mim, eu mesma! said...

Você é um dos meus devaneios preferidos! Amo!!!!

7:23 am  

Post a Comment

<< Home